Web Statistics

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Viajar sozinha enriquece a alma 😊

Viajar é tudo de bom !!
Viajar sozinha é 5000 mil estrelas ao quadrado com 200 cerejas no topo do bolo ao cubo 😊

É mais ao menos isto que sinto.

A primeira vez que viajei sozinha não foi numa altura fácil ...
Numa semana de greves e atrasos nos voos, uma queda misteriosa de um avião e outro abatido com um míssil, num país que fazia fronteira para onde eu voava, apenas dois dias antes de eu partir ...
As borboletas no estômago ficaram com um bocadinho de vida própria, mas isso não me fez ter medo de seguir em frente.

Penso que quando se quer muito uma coisa nada nos atinge 😀

Sempre gostei de ter o meu espaço, de fugir para ter um "passeio" sozinha nos locais que visitava, mesmo com companhia.

Mas ir assim completamente sozinha era novidade.
Novidade essa que se tornou na melhor decisão que tomei até hoje 😆

Com apenas 2 semanas de antecedência marquei a viagem e a única coisa que fiz questão de ter foi um transfer, do aeroporto para o hotel e vice versa, de resto ... foi ao sabor do vento ou neste caso do Danúbio.

Budapeste, a maravilhosa capital da Hungria foi o destino escolhido.

Com 4 horas de atraso lá saí de Lisboa.
As primeiras horas em Budapeste foram um bocadinho de adrenalina, com um sentimento estúpido de coração disparado e mania da perseguição ... cenas de gaja !!!


Momentos para recordar : 

* chegar depois das 23h e claro explorar a cidade na mesma, mas com aquele sentimento de insegurança ... sozinha na noite Húngara a pensar em não me afastar muito do hotel ...
Decidi ir beber qualquer coisa e procurei um bar com muita gente para estar mais confortável, quando escolhi finalmente um ... era ao lado de um peep show com aspeto duvidoso, onde a estrela da noite era a Jhessyca ... que não cheguei a conhecer 😆

* Ao atravessar o famoso túnel do lado de Buda para a ponte das correntes, que nos leva para Peste, encontrar um espaço minúsculo para pedestres e ser quase sugada com um rapaz Japonês que ia uns metros à frente para debaixo de uma fila de autocarros turísticos ... fiquei viva ... mas sem 2 unhas que ficaram pegadas a uma grelha da parede que serviu para me agarrar ... eram minhas e não de gel ... foi um bocadinho doloroso ...

* Pedir indicações aos locais que não falavam inglês e faziam desenhos e mímica (literalmente) no meio da rua, com muito riso à mistura, para eu conseguir localizar a "igreja amarela" como eles carinhosamente diziam 😊


* BUDA *


* PESTE *


A partir desse momento era seguir em frente, com toda a vontade e confiança e foi tudooooooooooooooo de bommmmmmmmmmmmm.

Uma cidade linda, segura, com muito para explorar e pessoas espectaculares de coração enorme.
Experiências, vivências, os nossos horários, os nossos encontros, a nossa magia de querer e fazer ...
Não há nada capaz de substituir o que crescemos e aprendemos ao viajar sozinhos.

Depois da Hungria já estive em mais 2 países sozinha e apenas espero que a vida me permita estar em muitos mais.

Resumindo ...
Sem medos ...
Façam acontecer ...

Beijinhos e muitas fofurices 💋

14 comentários:

  1. Gostei imenso de ler ! A primeira vez viajar sozinha é natural haver receios, mas quando as coisas correm bem, é tão bom e como tu dizes consegue-se aprender viajando sozinha , também eu já o fiz e gostei e diverti-me imenso ! Nao conheço Budapeste , mas adorava conhecer um dia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Nina Santos, quando queremos muito não há medos :)
      Budapeste é uma cidade maravilhosa, vale muito a pena conhecer, a cidade e o povo lutador de grande coração :) é impossivel ficar indiferente
      Adoro Budapeste quero muito voltar :)
      Beijinhos Nina e obrigada pela companhia desse lado

      Eliminar
  2. É tão bom viajar!... Oxalá pudesse ter mais oportunidades de o fazer! E Budapeste seria uma das cidades eleitas, agora que já a "conheci" um bocadinho, é belíssima!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade Sandra infelizmente a vida nem sempre nos permite, quem me dera conseguir conhecer tudo :)
      Mais publicações de Budapeste serão feitas, para vos dar a conhecer mais bocadinhos :)
      Beijinhosssssssssss

      Eliminar
  3. Sozinha não gosto de viajar... Mas viajar com boa companhia é óptimo!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viajar sozinha é espectacular Rosa :)
      Adoro !!!

      Beijinhos

      Eliminar
  4. Adorava Fazer o mesmo!
    Acho que me falta a coragem para viajar sozinha.
    ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Marilina :) as primeiras horas são mesmo de borboletas no estômago, mas vale muito a pena :)
      É tudo de bom .
      Beijinhos

      Eliminar
  5. Olá. Adorava viajar, nunca o fiz. Deve ser tão enriquecedor. É um dos meus sonhos. Oxalá o realize um dia. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lena, nunca podemos colocar os sonhos de lado :)
      Um dia acontecem :)

      Beijinhos

      Eliminar
  6. Budapeste um destino a não perder, parece ser uma cidade linda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Marlene :)
      É uma cidade linda, cheia de coisas boas para ver e fazer e com pessoas super simpáticas.
      Para mim a comida é o único problema, mas há sempre solução para tudo.

      Beijinhossssssss

      Eliminar